Implantação de Sistemas

A implementação, substituição ou expansão de um sistema de gestão geralmente acontece com empresas que estão passando por uma fase de crescimento. Com filiais, a regra é que a sede determine projetos de replicação do sistema ERP, enquanto a mesma realiza apenas ajustes locais.

Porém esta técnica pode não funcionar com todas as empresas, principalmente as que envolvem atividades mais delicadas, empregam muitos funcionários ou contam com grande complexidade técnica.

É aí que o processo de implementação de sistemas ganha importância. Ele é um projeto de migração do sistema ERP já implementado em uma empresa para outra, que ainda não possua ferramenta.

Um dos principais desafios está em acertar o timing: o processo de transição deve acontecer de forma suave. Assim, a mudança é feita de uma forma equilibrada e balanceada.

Como Fazer

A implementação de sistemas pode ser dividida em etapas, sendo elas:

  • Análise de processos que já existem no sistema;
  • A personalização e adaptação dos procedimentos a nível global;
  • A promoção de processos já comprovados;
  • A diminuição dos custos totais de TI;
  • A conformidade regulatória e fiscal local, sempre de acordo com os requisitos de qualidade.

Principais vantagens

  • Facilidades na captação e suporte;
  • Redução das despesas;
  • Integração das empresas e novas unidades ao ambiente corporativo;
  • Expansão de processos padronizados para outras unidades da empresa.
  • Treinamento completo para a equipe operacional e gerencial.